Professor, o piso é seu!

agosto 7th, 2018 | by Sinprop

    Em 2017 a prefeitura do Paulista perdeu o recurso que entrou contra o sindicato. O recurso de apelação foi unanimemente favorável ao SINPROP. Ainda em 2017, segundo o site da AMUPE, no diário oficial dos municípios de Pernambuco, o prefeito do Paulista contratou advogado particular a preço de ouro, mesmo o município do Paulista tendo assessoria jurídica que é preenchida por concurso público. É isso mesmo que vocês leram, professores, o sr prefeito contratou assessoria jurídica particular ao preço de 201.600,00 (duzentos e um mil e seiscentos reais), por 12 meses, pagando por mês R$ 16.800,00 (dezesseis mil e oitocentos reais). Por incrível que possa parecer, os dados oficiais não nos permitem mentir. Diz o termo do contrato, entre outras coisas, que o escritório irá atuar e acompanhar os processos que estão em curso no 2º grau de jurisdição e tribunais superiores. Ora, o processo do piso se encontra no segundo grau de jurisdição.

   A prefeitura paga muito caro para não reconhecer o seu direito, professor. Isso é lamentável. Há professores que não conseguem o pagamento de suas licenças, seus abonos, seus direitos, mas para pagar valor alto para profissionais que nem são do quadro da prefeitura para atrasar processos, isso pode. Sinceramente, é escárnio com a categoria e desrespeito com a coisa pública. Desde então a banca de advocacia contratada apresentou embargos, vem apresentando recursos. A ação do piso foi e é uma vitória histórica. Estamos atentos e vamos lutar até o fim em defesa da categoria!

#PelaValorizaçãoDoProfessor
#SINPROP
#GestãoForçaELuta
#FilieSe

Deixe uma resposta